O que fazer em Recife, Pernambuco.

Fui para Recife, conhecido como a Veneza brasileira, à trabalho por três dias e meio. Fiquei trabalhando durante o dia e tive as noites livres para conhecer a cidade.

Saí de São Paulo, Aeroporto de Congonhas, com destino ao Aeroporto Internacional do Recife/ Guararapes, uma viagem de aproximadamente 3 horas.

Na primeira noite, após o trabalho, decidi conhecer o Recife Antigo, mais precisamente o Marco Zero da cidade. Neste local fica o Armazéns do Porto, um antigo armazém de grãos em frente ao mar, que foi reformado e hoje abriga vários restaurantes bem bacanas, como o Rock´n´Ribs, Seu Boteco, Downtown Pier etc. Uma vibe bem parecida com Puerto Madero, em Buenos Aires.

Na Praça do Marco Zero há muitas pessoas andando de patins, bike ou apenas sentadas no chão conversando. Ali fica a Caixa Cultural, a antiga sede da Bolsa de Valores construída no estilo eclético, onde pude conferir uma exposição bem bacana chamada de Mundo Giramundo. Da praça também pode-se avistar a Escultura de Brennand.

Próximo dali, há mais pontos turísticos importantes, como a Embaixada dos Bonecos Gigantes de Pernambuco, a Sinagoga Kahal Zur Israel, a Praça Arsenal, a Torre Malakoff, a Praça Tiradentes, o Teatro Apolo, a Prefeitura de Recife, a Cruz do Patrão, o Forte do Brum, a Igreja Nossa Senhora do Pilar e a Capitania dos Portos.

Na segunda noite, mudei de hotel para um mais próximo ao trabalho, em frente à Praia de Boa Viagem. Claro que deixei as coisas no quarto e fui andar pelo calçadão de Boa Viagem, andar pela areia… por o pé na água e… tibum. Um banho de mar após o trabalho é bom né?

Praia de Boa Viagem.JPG

Praia de Boa Viagem

Neste mesmo dia, descobri pelo motorista do Uber que há tubarões nesta praia (MEDOO!). Só depois vi as placas indicando isso haha. Depois da praia, voltei para o quarto tomar um banho e sai para comer algo. Fui na Feirinha da Boa Viagem, a mais antiga feira típica do Brasil, com muitas barraquinhas com artesanatos locais e comidas regionais. A feira fica na Praça de Boa Viagem, onde também está a Igreja Nossa Senhora de Boa Viagem e o Obelisco, feito em uma só pedra em 1926 marcando a conclusão da Av. Boa Viagem.

Jantei em um restaurante chamado Ilha Sertaneja, com comida local por quilo, como jabá com queijo coalho, baião de dois, macaxeira e tapioca.

No terceiro dia, fui à cidade de Olinda, aproximadamente 15 a 20 min do centro de Recife. Quem vai para lá deve se preparar para subir ladeiras, ladeiras e mais ladeiras haha. Enquanto subia uma delas a frase que mais ouvi da galera foi:

Nossa, como subir essa ladeira cansahaha.

No topo, você chega ao Centro Histórico, onde está a praça mais importante da cidade, chamada de Alto da Sé, onde acontece uma feirinha de comida e artesanato e também a Caixa D´água de Olinda e a Torre de Observação.

Há muitas igrejas na cidade, todas muito perto uma da outra, como a Igreja da Misericórdia, a Igreja do Bom Jesus do Bonfim, a Basílica de São Bento, a Igreja da Sé, a Igreja do Carmo, a Igreja N.S. do Rosário dos Homens Pretos de Olinda entre outras.

Igreja em Olinda.JPG

Igreja em Olinda

Depois segui até o Recife Antigo novamente, onde conheci o Shopping Paço Alfândega, um antigo presídio em frente a Ponte Maurício de Nassau. Segui até a Rua da Moeda, onde há diversos barzinhos tocando de tudo, principalmente forró. Época de São João !!!

No quarto dia, acordei cedo e fui terminar o trabalho, ainda precisava conferir algumas medidas no imóvel (esqueci de falar que o que fui fazer era um levantamento cadastral de arquitetura). Terminei rápido. Assim que consegui voltei ao hotel, deixei as coisas e fui dar uma última volta pela orla de Boa Viagem.
Desta vez avistei as placas mostrando o perigo com tubarões no local.

praia.jpg

Praia de Boa Viagem

Check out realizado, fui para o aeroporto e …. São Paulo.

Como os recifenses falam: essa viagem à trabalho “foi massa!” Além de trabalhar pude conhecer um pouco da cultura local e pontos turísticos desta capital brasileira.

Bom, essas são algumas dicas e relato de como passei alguns dias por lá. E você, já esteve em Recife? Curtiu ? Compartilhe sua experiência conosco!

Até mais,

Diego Arena

Não sabe onde se hospedar em Recife? Dê uma olhada e faça sua reserva pelo Booking! O maior site de reservas de hotéis do mundo, com os melhores preços. Parceiro do blog!

Segue a gente no Facebook? Ainda não? Não fique de fora das próximas postagens. Segue lá:Uma Viagem Diferente

Anúncios

30 comentários sobre “O que fazer em Recife, Pernambuco.

  1. Ana Flores disse:

    Nunca consigo aproveitar as cidades quando viajo. Fico tão abarrotada de serviço que o turismo sempre fica em segundo plano! Adorei que voce conseguiu aproveitar o suficiente (até pra colocar dica de restaurante! Well done you!).

    Curtido por 1 pessoa

  2. Camilla Kafino disse:

    Muito bacana seu relato, você deve ter aproveitado bastante mesmo. Recife é uma cidade muito interessante, que tem muita cultura além das praias – que acaba sendo o principal chamativo turístico. É muito bom poder unir o trabalho com esse tipo de lazer. Boas viagens pra vc 😀

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s